(11) 5105-0319       mavaro@mavaro.com.br
default-logo

Influenza H1N1 e suas variações. Prevenir é dever de todos nós.

imagem 34-1

Com grandes deslocamentos por meios de transporte e grandes concentrações humanas, a disseminação do vírus da Influenza tornou-se mais rápida, contundente e muito grave. Hoje um mesmo subtipo viral pode circular, ao mesmo tempo, em várias partes do mundo, causando epidemias quase simultâneas.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a principal forma de transmissão não é pelo ar, mas sim pelo contato com superfícies contaminadas. De qualquer forma, conforme recomendação do Ministério da Saúde, devemos evitar locais com aglomeração de pessoas, pois reduz o risco de contrair a doença.

Porém, a frequente higienização das mãos com água e sabão e álcool gel ou GELMAV MAVARO são fundamentais, retirando-se os acessórios como anéis, pulseiras ou relógio – uma vez que estes objetos acumulam microrganismos não removidos com a simples lavagem das mãos. Álcool gel ou GELMAV MAVARO eliminam o vírus, matando-o.

Cuidados essenciais

Evite encostar-se em pias de uso comum; Seque mãos e punhos com papel-toalha descartável; Use lenço descartável para higiene nasal; Cubra o nariz e boca com lenço ao espirrar ou tossir; Evite tocar mucosas de olhos, nariz e boca; Higienize as mãos após tossir ou espirrar; Evite aglomerações; Não compartilhe objetos de uso pessoal como toalhas de banho, talheres e copos; Evite tocar superfícies do tipo maçanetas, interruptores de luz, chave, caneta, torneira, entre outros; Descarte luvas ou outros equipamentos de proteção individual contaminados ou tocados por mãos contaminadas; Não circule dentro de hospitais usando os equipamentos de proteção individual que devem ser imediatamente removidos e descartados após a saída do quarto, enfermaria ou área de isolamento; Evite uso de bebedouros públicos. Tenha sempre em mãos, em embalagens fáceis de transportar, álcool gel ou GELMAV MAVARO

Uma alimentação balanceada, rica em vitamina C – por exemplo, fortalece o organismo e ajuda a criar mais resistência contra qualquer doença. Porém, isso por si só não garante prevenção contra a influenza A (H1N1), mas ajuda o organismo a responder à infecção.

Não é recomendável o uso de ácido acetilsalicílico (aspirina), pois pode ocasionar alterações que confundam a avaliação clínica. Medicamentos, apenas com acompanhamento médico. Aliás, qualquer sinal, procure imediatamente uma orientação médica antes de adotar medidas de isolamento domiciliar. De qualquer forma, mantenha as medidas de higiene indicadas.

Dados

Mas o Brasil está com circulação sustentada do vírus: ele já circula livremente pelo País e inúmeros casos registrados.

Vacinação

Existem duas vacinas disponíveis no Brasil: a trivalente e a tetravalente (ou quadrivalente). São os seguintes os vírus nelas contidos: Trivalente: A (H1N1); A (H3N2); Influenza B (subtipo Brisbane) Tetra ou Quadrivalente: A (H1N1); A (H3N2); 2 vírus Influenza B (subtipos Brisbane e Phuket). Notem: o A (H1N1) está contido nas duas.

Estão indicadas para todas as pessoas, exceto para bebês com menos de 6 meses de idade. Mas atenção: dependendo do fabricante da vacina, um dos tipos da tetra só pode ser dado para crianças maiores de 3 anos de idade. A Trivalente pode ser dada para todos acima de 6 meses. Crianças de 6 meses a 1 ano tem que tomar duas doses com intervalo de 1 mês.

Verifique em sua cidade os locais de vacinação. Para receber a dose, é necessário levar a carteira de vacinação e o documento de identificação. As pessoas portadoras de doenças crônicas e outras condições clínicas especiais devem levar também uma prescrição médica que explique o motivo da recomendação da vacina.

Já pacientes cadastrados em programas de controle das doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) vão receber a dose da vacina nos postos em que estão registrados, sem a necessidade de uma prescrição médica.

Para saber mais sobre o GELMAV Mavaro, entre em contato conosco.

Fonte: Organização Mundial de Saúde e Ministério da Saúde